Taylor Swift apresenta “All Too Well” no Tribeca Film Festival

Taylor Swift atingiu um novo público-alvo neste sábado (11) ao participar do Tribeca Film Festival, em Nova Iorque. O festival de cinema recebeu a cantora para um debate sobre o curta-metragem “All Too Well: The Short Film” – lançado para ilustrar uma versão de dez minutos da faixa de mesmo nome, carro-chefe da regravação do disco “Red (Taylor’s Version)“.

O curta dirigido e roteirizado por Swift chegou ao seu canal no YouTube em novembro do ano passado, estrelando Sadie Sink e Dylan O’Brien – que também participaram da roda de conversa.

De acordo com a Vulture, durante o evento, perguntaram a Taylor se ela considera fazer um longa-metragem. “Seria tão fantástico escrever um longa”, disse a estrela, que adoraria manter uma equipe pequena e íntima, como em “All Too Well”, em uma futura produção.

Diretora de mais de dez videoclipes, Swift também explicou ao público como ela escreve seus projetos de direção, com a ajuda de um “manuscrito”.

Os fãs presentes ganharam uma performance especial de “All Too Well (10 minute version)“.

O TikTok é a rede social do momento e, de vez em quando, traz alguma música improvável para o sucesso. Isso está acontecendo com “Don’t Blame Me”, faixa do álbum “Reputation”, da Taylor Swift. Apesar de ter sido lançada em 2017, ela subiu repentinamente nos vídeos que os usuários fazem, ou seja, se tornou um viral.

De acordo com dados obtidos pelo @taylorswiftbr, esse destaque está sendo visto também no Spotify. Esta é a música mais tocada da Taylor Swift no momento, já que ela não está divulgando nenhum single em específico. Ela também já entrou na lista das mais ouvidas.

Taylor Swift apresenta “All Too Well” no Tribeca Film Festival

Taylor Swift atingiu um novo público-alvo neste sábado (11) ao participar do Tribeca Film Festival, em Nova Iorque. O festival de cinema recebeu a cantora para um debate sobre o curta-metragem “All Too Well: The Short Film” – lançado para ilustrar uma versão de dez minutos da faixa de mesmo nome, carro-chefe da regravação do disco “Red (Taylor’s Version)“.

O curta dirigido e roteirizado por Swift chegou ao seu canal no YouTube em novembro do ano passado, estrelando Sadie Sink e Dylan O’Brien – que também participaram da roda de conversa.

De acordo com a Vulture, durante o evento, perguntaram a Taylor se ela considera fazer um longa-metragem. “Seria tão fantástico escrever um longa”, disse a estrela, que adoraria manter uma equipe pequena e íntima, como em “All Too Well”, em uma futura produção.

Diretora de mais de dez videoclipes, Swift também explicou ao público como ela escreve seus projetos de direção, com a ajuda de um “manuscrito”.

Os fãs presentes ganharam uma performance especial de “All Too Well (10 minute version)“.

O TikTok é a rede social do momento e, de vez em quando, traz alguma música improvável para o sucesso. Isso está acontecendo com “Don’t Blame Me”, faixa do álbum “Reputation”, da Taylor Swift. Apesar de ter sido lançada em 2017, ela subiu repentinamente nos vídeos que os usuários fazem, ou seja, se tornou um viral.

De acordo com dados obtidos pelo @taylorswiftbr, esse destaque está sendo visto também no Spotify. Esta é a música mais tocada da Taylor Swift no momento, já que ela não está divulgando nenhum single em específico. Ela também já entrou na lista das mais ouvidas.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
“PROOF”: Coletânea do BTS domina o iTunes dos Estados Unidos
Próxima Matéria
Beyoncé começa nova era na capa da Vogue britânica

+ NOTÍCIAS DO POP

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
“PROOF”: Coletânea do BTS domina o iTunes dos Estados Unidos
Próxima Matéria
Beyoncé começa nova era na capa da Vogue britânica

+ NOTÍCIAS DO POP

Menu
error: Content is protected !!