Verstappen passa Leclerc no fim e vence sprint F1 em Ímola

Max Verstappen é o vencedor da primeira corrida sprint da Fórmula 1 em 2022, realizada em Ímola. Apesar de largar em 1º, ele não teve vida fácil. O holandês perdeu a liderança para Charles Leclerc logo na largada e só conseguiu atacar o adversário nas voltas finais, quando fez bela manobra por fora para retomar a ponta e vencer. A vitória garante a primeira posição no grid da corrida principal, a ser realizada no domingo (24).

A ação na sprint em Ímola não se resumiu à disputa pela vitória. Sérgio Perez e Carlos Sainz fizeram boas corridas de recuperação e garantiram o 3º e 4º lugares, respectivamente. Confira abaixo a descrição da sprint F1 de Ímola:

Leclerc na sprint em Ímola

Como foi
Sem paradas para troca de pneus, a escolha dos compostos se torna fundamental na sprint. E todos optaram por macios, exceto a dupla da Haas e Nicholas Latifi, que partiram de médios.

Na largada, Charles Leclerc pulou bem e tomou a posição de Max Verstappen ainda antes da freada da Tamburello, para vibração da torcida ferrarista em Ímola. Norris se manteve em 3º e Magnussen em 4º, mas Alonso caiu de 5º para 7º, perdendo posições para Perez e Ricciardo. O top 10 era completado por Sainz, Vettel e Bottas. As Mercedes vinham ainda mais atrás, com Russell em 12º e Hamilton em

15º.

Ainda na primeira volta, Guanyu Zhou e Pierre Gasly se enroscaram na curva 8. Gasly conseguiu voltar aos boxes para reparar seu AlphaTauri, mas o chinês da Alfa Romeo foi para o muro. Fim de sprint para ele e safety car na pista.

Sergio Perez foi bem na sprint em Ímola

A relargada aconteceu na volta 4, com posições mantidas. Alonso errou na segunda perna da Tamburello, mas conseguiu segurar o carro e se defender do ataque de Sainz. Duas voltas depois, não deu para segurar: Sainz colocou por fora na reta principal e concluiu a manobra na curva 1, assumindo a 7ª posição.

Perez partiu para cima de Magnussen e tomou para si a 4ª posição. Logo depois, Bottas deixou Vettel para trás, ganhando o 9º lugar. Enquanto isso, Hamilton ultrapassava Stroll para ser 14º, ainda muito longe de onde nos acostumamos a vê-lo.

Na volta 11, Perez fez outra manobra e ganhou mais uma posição. Ao superar Norris, ele ganhou uma posição de pódio. Logo atrás, um trenzinho se formava entre Magnussen, Ricciardo e Sainz. Com pneus médios, Magnussen virou presa fácil. O australiano da McLaren não demorou para superar o dinamarquês. Uma volta depois, foi a vez do ferrarista fazer o mesmo.

Sainz foi um dos destaques da sprint
 

Lá na frente, Leclerc fazia a volta mais rápida para manter distância segura para Verstappen. Na volta 14, o espaço entre eles era de 1s5. No mesmo giro, Sainz fez outra ultrapassagem, dessa vez sobre Ricciardo. O espanhol já era 4º após largar em 10º. Em um duelo de gerações alemãs, Mick Schumacher passou seu mentor Sebastian Vettel e ganhou o 10º lugar. Bottas e Alonso passaram vários segundos emparelhados na reta principal, com o finlandês levando a melhor na freada, ganhando a 8ª posição.

Verstappen apertou o ritmo, e a cinco voltas do fim encurtou a vantagem para 0,6s, entrando na zona de abertura de DRS, dando início a um interessante duelo. O holandês partiu para cima e, na volta 20, passou Leclerc por fora, em linda manobra. Atrás deles, Sainz passava Norris para ser 4º.

Com o resultado, Verstappen acumula 8 pontos e larga na primeira posição na corrida principal. Leclerc faz 7, Perez faz 6, Sainz 5, Norris 4, Ricciardo 3, Bottas 2 e Magnussen 1. E, falando na corrida principal, ela acontece no domingo, 24, às 10 horas da manhã.

Verstappen passa Leclerc no fim e vence sprint F1 em Ímola

Max Verstappen é o vencedor da primeira corrida sprint da Fórmula 1 em 2022, realizada em Ímola. Apesar de largar em 1º, ele não teve vida fácil. O holandês perdeu a liderança para Charles Leclerc logo na largada e só conseguiu atacar o adversário nas voltas finais, quando fez bela manobra por fora para retomar a ponta e vencer. A vitória garante a primeira posição no grid da corrida principal, a ser realizada no domingo (24).

A ação na sprint em Ímola não se resumiu à disputa pela vitória. Sérgio Perez e Carlos Sainz fizeram boas corridas de recuperação e garantiram o 3º e 4º lugares, respectivamente. Confira abaixo a descrição da sprint F1 de Ímola:

Leclerc na sprint em Ímola

Como foi
Sem paradas para troca de pneus, a escolha dos compostos se torna fundamental na sprint. E todos optaram por macios, exceto a dupla da Haas e Nicholas Latifi, que partiram de médios.

Na largada, Charles Leclerc pulou bem e tomou a posição de Max Verstappen ainda antes da freada da Tamburello, para vibração da torcida ferrarista em Ímola. Norris se manteve em 3º e Magnussen em 4º, mas Alonso caiu de 5º para 7º, perdendo posições para Perez e Ricciardo. O top 10 era completado por Sainz, Vettel e Bottas. As Mercedes vinham ainda mais atrás, com Russell em 12º e Hamilton em

15º.

Ainda na primeira volta, Guanyu Zhou e Pierre Gasly se enroscaram na curva 8. Gasly conseguiu voltar aos boxes para reparar seu AlphaTauri, mas o chinês da Alfa Romeo foi para o muro. Fim de sprint para ele e safety car na pista.

Sergio Perez foi bem na sprint em Ímola

A relargada aconteceu na volta 4, com posições mantidas. Alonso errou na segunda perna da Tamburello, mas conseguiu segurar o carro e se defender do ataque de Sainz. Duas voltas depois, não deu para segurar: Sainz colocou por fora na reta principal e concluiu a manobra na curva 1, assumindo a 7ª posição.

Perez partiu para cima de Magnussen e tomou para si a 4ª posição. Logo depois, Bottas deixou Vettel para trás, ganhando o 9º lugar. Enquanto isso, Hamilton ultrapassava Stroll para ser 14º, ainda muito longe de onde nos acostumamos a vê-lo.

Na volta 11, Perez fez outra manobra e ganhou mais uma posição. Ao superar Norris, ele ganhou uma posição de pódio. Logo atrás, um trenzinho se formava entre Magnussen, Ricciardo e Sainz. Com pneus médios, Magnussen virou presa fácil. O australiano da McLaren não demorou para superar o dinamarquês. Uma volta depois, foi a vez do ferrarista fazer o mesmo.

Sainz foi um dos destaques da sprint
 

Lá na frente, Leclerc fazia a volta mais rápida para manter distância segura para Verstappen. Na volta 14, o espaço entre eles era de 1s5. No mesmo giro, Sainz fez outra ultrapassagem, dessa vez sobre Ricciardo. O espanhol já era 4º após largar em 10º. Em um duelo de gerações alemãs, Mick Schumacher passou seu mentor Sebastian Vettel e ganhou o 10º lugar. Bottas e Alonso passaram vários segundos emparelhados na reta principal, com o finlandês levando a melhor na freada, ganhando a 8ª posição.

Verstappen apertou o ritmo, e a cinco voltas do fim encurtou a vantagem para 0,6s, entrando na zona de abertura de DRS, dando início a um interessante duelo. O holandês partiu para cima e, na volta 20, passou Leclerc por fora, em linda manobra. Atrás deles, Sainz passava Norris para ser 4º.

Com o resultado, Verstappen acumula 8 pontos e larga na primeira posição na corrida principal. Leclerc faz 7, Perez faz 6, Sainz 5, Norris 4, Ricciardo 3, Bottas 2 e Magnussen 1. E, falando na corrida principal, ela acontece no domingo, 24, às 10 horas da manhã.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Hamilton joga toalha sobre disputa por oitavo título: “Lutamos para entender carro”
Próxima Matéria
FIA após refletir as mudanças nas regras de 2022: “Reduzir tamanho e peso”

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Hamilton joga toalha sobre disputa por oitavo título: “Lutamos para entender carro”
Próxima Matéria
FIA após refletir as mudanças nas regras de 2022: “Reduzir tamanho e peso”

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!