Mudança na Colina: Pedro Seixas deixa o cargo de vice-presidente de projetos especiais do Vasco

Em meio à expectativa com a Assembleia Geral Extraordinária (AGE), a diretoria do Vasco terá uma mudança significativa em sua gestão. Pedro Seixas se desligou do clube e deixou o cargo de Vice-presidente de Projetos Especiais para tratar de assuntos particulares. A informação foi inicialmente divulgada pelo portal “Jogada10”.

Vale destacar que o engenheiro era o único remanescente da gestão da passada, de Alexandre Campello. Na época, ele ocupou a Vice-presidência de Obras de Engenharia e Patrimônio, e esteve diretamente ligado às obras do CT Moacyr Barbosa, na Cidade de Deus, e também o da base, na Rodovia Washington Luís, em Duque de Caxias. Ele também liderou o projeto de modernização de São Januário.

Além disso, o dirigente também fez parte do comitê de futebol, ao lado de Marcel Kaskus, Flávio Lopes e Cláudio Cardoso. Dessa forma, ele esteve presente no gabinete do governador Cláudio Castro, no dia 13 de abril, para mostrar o interesse do Gigante da Colina na gestão do Maracanã.

Apesar da saída, o profissional era bem quisto dentro do clube e pela torcida mesmo diante da turbulência política. Ele sempre esteve à frente de projetos importantes na remodelação do Cruz-maltino e jamais se posicionou a favor de algum dirigente.

Mudança na Colina: Pedro Seixas deixa o cargo de vice-presidente de projetos especiais do Vasco

Em meio à expectativa com a Assembleia Geral Extraordinária (AGE), a diretoria do Vasco terá uma mudança significativa em sua gestão. Pedro Seixas se desligou do clube e deixou o cargo de Vice-presidente de Projetos Especiais para tratar de assuntos particulares. A informação foi inicialmente divulgada pelo portal “Jogada10”.

Vale destacar que o engenheiro era o único remanescente da gestão da passada, de Alexandre Campello. Na época, ele ocupou a Vice-presidência de Obras de Engenharia e Patrimônio, e esteve diretamente ligado às obras do CT Moacyr Barbosa, na Cidade de Deus, e também o da base, na Rodovia Washington Luís, em Duque de Caxias. Ele também liderou o projeto de modernização de São Januário.

Além disso, o dirigente também fez parte do comitê de futebol, ao lado de Marcel Kaskus, Flávio Lopes e Cláudio Cardoso. Dessa forma, ele esteve presente no gabinete do governador Cláudio Castro, no dia 13 de abril, para mostrar o interesse do Gigante da Colina na gestão do Maracanã.

Apesar da saída, o profissional era bem quisto dentro do clube e pela torcida mesmo diante da turbulência política. Ele sempre esteve à frente de projetos importantes na remodelação do Cruz-maltino e jamais se posicionou a favor de algum dirigente.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Mãe de jovem torcedor do Flamengo atingido afirma que filho ‘não quer saber de futebol’ e cobra punição
Próxima Matéria
Família confirma morte de Mino Raiola, empresário influente do futebol

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Mãe de jovem torcedor do Flamengo atingido afirma que filho ‘não quer saber de futebol’ e cobra punição
Próxima Matéria
Família confirma morte de Mino Raiola, empresário influente do futebol

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!