Corinthians promove ‘apagão’ nas redes em campanha contra violência e fake news

Através do seu site oficial, o Corinthians informou que nenhuma postagem será feita pelas redes sociais do clube e nenhuma ação de comunicação será realizada entre as 10h desta sexta-feira (22) e as 10h da próxima segunda-feira (25), em campanha contra a violência, disseminação de ódio e fake news no ambiente do futebol.

– Esta medida visa a conscientizar a fiel torcida e a sociedade em geral a respeito do discurso de ódio, tornando o debate do futebol especialmente tóxico e chegando ao extremo do risco físico e trauma psicológico para os profissionais do esporte – atletas ou não – e suas famílias – postou o clube.

A campanha tem como estopim duas situações paralelas vividas pelo alvinegro paulista nos últimos dias: As ameaças virtuais sofridas por alguns jogadores e dirigentes, e a acusação de racismo ao barrar na entrada da Neo Química Arena dois menores de idade portando ingressos inválidos.

Dessa forma, não haverá nenhuma postagem nas redes sociais oficiais do Timão em relação ao Dérbi contra o Palmeiras neste sábado, que será disputado às 19h na Arena Barueri, pela terceira rodada do Brasileirão. Todos os perfis oficiais do clube contam com a mesma foto. Um fundo preto com a hashtag Futebol Sem Ódio.

– Não podemos mais permanecer imóveis diante de um contexto que ameaça todos os clubes e jogadores. É preciso que a sociedade reflita sobre qual futebol quer para si, para suas famílias, para o presente e para o futuro – afirmou Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians.

No seu canal oficial do Youtube, o clube também postou um vídeo reforçando a mensagem, com a participação do MC Hariel e o rapper Ice Blue.

– À nação corinthiana, pediremos compreensão pelas nossas medidas futuras. Aceitaremos e respeitaremos as cobranças como sempre, mas não vamos nos calar diante as atitudes de poucos que disseminam o ódio, a violência e a desinformação. A partir de agora, também é parte da nossa luta diária pelo bem do esporte – afirmou Ice Blue.

VEJA NA ÍNTEGRA A NOTA EMITIDA PELO CORINTHIANS

“O Sport Club Corinthians Paulista entra nesta sexta-feira (22) em uma das causas mais importantes de seus mais de 111 anos de história. O clube do Parque São Jorge vai se posicionar contra o clima de violência no ambiente do futebol e a disseminação do ódio e das fake news nas redes sociais por meio de um apagão de comunicação. Nenhuma postagem será feita pelas redes sociais do clube e nenhuma ação de comunicação será realizada entre as 10h desta sexta-feira (22) e as 10h da próxima segunda-feira (25).

Esta medida visa a conscientizar a fiel torcida e a sociedade em geral a respeito do discurso de ódio, tornando o debate do futebol especialmente tóxico e chegando ao extremo do risco físico e trauma psicológico para os profissionais do esporte – atletas ou não – e suas famílias.

Além disso, não deixamos de notar que há quem aproveite o estado de permanente indignação para monetizar a repercussão de fake news, seja nas redes sociais ou em parte da imprensa tradicional, como se viu na semana passada, quando a operação de nosso estádio foi acusada de racismo ao cumprir a lei e barrar dois menores desacompanhados que tentavam entrar para assistir a uma partida apresentando ingressos inválidos.

“Não podemos mais permanecer imóveis diante de um contexto que ameaça todos os clubes e jogadores. É preciso que a sociedade reflita sobre qual futebol quer para si, para suas famílias, para o presente e para o futuro”, afirma Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians.

Recentemente, os jogadores Cássio, Gil, Willian e Paulinho e seus familiares foram expostos a ameaças feitas por torcedores, fato que se repetiu em outros clubes. Esse ódio também se estende a dirigentes, árbitros e jornalistas, o que mostra a urgência de abordar o tema e enfrentar a situação de forma efetiva e abrangente.

Esta primeira medida do Corinthians será seguida por outras que envolverão todas as diretorias e todo o ecossistema do clube, de forma que imprensa, influenciadores, usuários e empresas de redes sociais também se engajem no necessário debate por um ambiente saudável para a prática, a vivência e a paixão pelo futebol profissional, dentro do espírito esportivo e democrático que guia o Corinthians desde sua fundação.

Atenciosamente,

Sport Club Corinthians Paulista.

Corinthians promove ‘apagão’ nas redes em campanha contra violência e fake news

Através do seu site oficial, o Corinthians informou que nenhuma postagem será feita pelas redes sociais do clube e nenhuma ação de comunicação será realizada entre as 10h desta sexta-feira (22) e as 10h da próxima segunda-feira (25), em campanha contra a violência, disseminação de ódio e fake news no ambiente do futebol.

– Esta medida visa a conscientizar a fiel torcida e a sociedade em geral a respeito do discurso de ódio, tornando o debate do futebol especialmente tóxico e chegando ao extremo do risco físico e trauma psicológico para os profissionais do esporte – atletas ou não – e suas famílias – postou o clube.

A campanha tem como estopim duas situações paralelas vividas pelo alvinegro paulista nos últimos dias: As ameaças virtuais sofridas por alguns jogadores e dirigentes, e a acusação de racismo ao barrar na entrada da Neo Química Arena dois menores de idade portando ingressos inválidos.

Dessa forma, não haverá nenhuma postagem nas redes sociais oficiais do Timão em relação ao Dérbi contra o Palmeiras neste sábado, que será disputado às 19h na Arena Barueri, pela terceira rodada do Brasileirão. Todos os perfis oficiais do clube contam com a mesma foto. Um fundo preto com a hashtag Futebol Sem Ódio.

– Não podemos mais permanecer imóveis diante de um contexto que ameaça todos os clubes e jogadores. É preciso que a sociedade reflita sobre qual futebol quer para si, para suas famílias, para o presente e para o futuro – afirmou Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians.

No seu canal oficial do Youtube, o clube também postou um vídeo reforçando a mensagem, com a participação do MC Hariel e o rapper Ice Blue.

– À nação corinthiana, pediremos compreensão pelas nossas medidas futuras. Aceitaremos e respeitaremos as cobranças como sempre, mas não vamos nos calar diante as atitudes de poucos que disseminam o ódio, a violência e a desinformação. A partir de agora, também é parte da nossa luta diária pelo bem do esporte – afirmou Ice Blue.

VEJA NA ÍNTEGRA A NOTA EMITIDA PELO CORINTHIANS

“O Sport Club Corinthians Paulista entra nesta sexta-feira (22) em uma das causas mais importantes de seus mais de 111 anos de história. O clube do Parque São Jorge vai se posicionar contra o clima de violência no ambiente do futebol e a disseminação do ódio e das fake news nas redes sociais por meio de um apagão de comunicação. Nenhuma postagem será feita pelas redes sociais do clube e nenhuma ação de comunicação será realizada entre as 10h desta sexta-feira (22) e as 10h da próxima segunda-feira (25).

Esta medida visa a conscientizar a fiel torcida e a sociedade em geral a respeito do discurso de ódio, tornando o debate do futebol especialmente tóxico e chegando ao extremo do risco físico e trauma psicológico para os profissionais do esporte – atletas ou não – e suas famílias.

Além disso, não deixamos de notar que há quem aproveite o estado de permanente indignação para monetizar a repercussão de fake news, seja nas redes sociais ou em parte da imprensa tradicional, como se viu na semana passada, quando a operação de nosso estádio foi acusada de racismo ao cumprir a lei e barrar dois menores desacompanhados que tentavam entrar para assistir a uma partida apresentando ingressos inválidos.

“Não podemos mais permanecer imóveis diante de um contexto que ameaça todos os clubes e jogadores. É preciso que a sociedade reflita sobre qual futebol quer para si, para suas famílias, para o presente e para o futuro”, afirma Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians.

Recentemente, os jogadores Cássio, Gil, Willian e Paulinho e seus familiares foram expostos a ameaças feitas por torcedores, fato que se repetiu em outros clubes. Esse ódio também se estende a dirigentes, árbitros e jornalistas, o que mostra a urgência de abordar o tema e enfrentar a situação de forma efetiva e abrangente.

Esta primeira medida do Corinthians será seguida por outras que envolverão todas as diretorias e todo o ecossistema do clube, de forma que imprensa, influenciadores, usuários e empresas de redes sociais também se engajem no necessário debate por um ambiente saudável para a prática, a vivência e a paixão pelo futebol profissional, dentro do espírito esportivo e democrático que guia o Corinthians desde sua fundação.

Atenciosamente,

Sport Club Corinthians Paulista.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Lewis Hamilton e Serena Williams se juntam a bilionário pela compra do Chelsea
Próxima Matéria
Casagrande critica Vítor Pereira por ausência de Luan em jogo do Corinthians na Copa do Brasil

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Lewis Hamilton e Serena Williams se juntam a bilionário pela compra do Chelsea
Próxima Matéria
Casagrande critica Vítor Pereira por ausência de Luan em jogo do Corinthians na Copa do Brasil

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!