Com ‘Lei do Ex’, Coritiba vence Goiás na estreia no Brasileirão

Na manhã deste domingo (10), o Coritiba recebeu o Goiás em partida válida pela 1ª rodada do Brasileirão Série A de 2022. Em casa, o Coxa contou com a famosa ‘Lei do Ex’ para vencer o Esmeraldino. No primeiro tempo, Alef Manga abriu o placar e, já na etapa final, Léo Gamalho e Andrey sacramentaram o 3 a 0.

Agora, as duas equipes voltam a campo no próximo final de semana pelo Brasileirão Série A de 2022. Em casa, o Goiás recebe o Palmeiras, às 16h30, no sábado (16). Enquanto isso, no domingo (17), o Coritiba visita o Santos, às 11h.

O começo do jogo no Couto Pereira foi bem equilibrado. Mesmo em casa, o Coritiba adotou tom de cautela e tentou estudar mais o Goiás nos primeiros minutos. Por outro lado, o Esmeraldino optou por ficar um pouco menos com a bola.

(Foto: Divulgação/Felipe Dalke/Coritiba)

O gelo foi quebrado aos 11 minutos. Alef Manga recebeu cruzamento e a defesa do Goiás se atrapalhou na hora de fazer o corte. Assim, o atacante teve a chance de finalizar e não perdoou, fazendo valer a famosa Lei do Ex.

Falso domínio

Depois do gol marcado, o Coritiba voltou a administrar a posse de bola com calma. Em contrapartida, o Goiás começou a ter mais tempo com ela, porém encontrou muitas dificuldades na hora de criar jogadas no campo de ataque. Como resultado, Alex Muralha pouco trabalhou.

Por sua vez, o Coritiba conseguiu assustar Tadeu novamente em algumas chances. De longe, Egídio tentou surpreender, mas o goleiro fez a defesa. Igor Paixão foi mais um que tentou e que também parou no arqueiro, que levou o 1 a 0 para o intervalo.

Ela reaparece

A bola mal voltou a rolar no segundo tempo e a Lei do Ex se fez valor novamente. Em cobrança de falta, Egídio encontrou Léo Gamalho na segunda trave. O artilheiro do Coritiba só teve o trabalho de empurrar a bola para a rede para fazer o 2 a 0.

Ao longo da etapa final, o Goiás tentou esboçar uma reação, mas a pontaria ficou em falta. Maguinho e Danilo Barcelos levaram mais perigo ao gol de Alex Muralha, mas erraram o alvo. Do outro lado, Régis teve a chance de fazer o 3 a 0, porém parou em defesa de Tadeu. Quem não deu chances ao goleiro foi Andrey, que soltou a bomba e fechou o placar no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 3X0 GOIÁS

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data e hora: 10/04/2022 – 11h (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Neuza Ines Back (SP)

Cartões amarelos: Da Silva, Caio, Luiz Filipe, Renato Júnior (Goiás), Henrique, Luciano Castán (Coritiba)

Cartões vermelhos: –

GOLS: Alef Manga (11’/1°T) (1-0), Léo Gamalho (2’/2°T) (2-0), Andrey (45’/2°T) (3-0)

CORITIBA (Técnico: Gustavo Morínigo)

Alex Muralha; Warley (Matheus Alexandre, aos 30’/1°T), Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias (Val, aos 42’/2°T), Andrey e Thonny Anderson (Régis, aos 31’/2°T); Alef Manga (Fabrício, aos 31’/2°T), Léo Gamalho (Guillermo de los Santos, aos 42’/2°T) e Igor Paixão.

GOIÁS (Técnico: Glauber Ramos)

Tadeu; Apodi (Luiz Filipe, aos 22’/2°T), Da Silva, Reynaldo e Hugo; Caio, Fellipe Bastos (Maguinho, aos 0’/2°T), Diego, Élvis e Danilo Barcelos (Auremir, aos 38’/2°T); Renato Júnior.

Com ‘Lei do Ex’, Coritiba vence Goiás na estreia no Brasileirão

Na manhã deste domingo (10), o Coritiba recebeu o Goiás em partida válida pela 1ª rodada do Brasileirão Série A de 2022. Em casa, o Coxa contou com a famosa ‘Lei do Ex’ para vencer o Esmeraldino. No primeiro tempo, Alef Manga abriu o placar e, já na etapa final, Léo Gamalho e Andrey sacramentaram o 3 a 0.

Agora, as duas equipes voltam a campo no próximo final de semana pelo Brasileirão Série A de 2022. Em casa, o Goiás recebe o Palmeiras, às 16h30, no sábado (16). Enquanto isso, no domingo (17), o Coritiba visita o Santos, às 11h.

O começo do jogo no Couto Pereira foi bem equilibrado. Mesmo em casa, o Coritiba adotou tom de cautela e tentou estudar mais o Goiás nos primeiros minutos. Por outro lado, o Esmeraldino optou por ficar um pouco menos com a bola.

(Foto: Divulgação/Felipe Dalke/Coritiba)

O gelo foi quebrado aos 11 minutos. Alef Manga recebeu cruzamento e a defesa do Goiás se atrapalhou na hora de fazer o corte. Assim, o atacante teve a chance de finalizar e não perdoou, fazendo valer a famosa Lei do Ex.

Falso domínio

Depois do gol marcado, o Coritiba voltou a administrar a posse de bola com calma. Em contrapartida, o Goiás começou a ter mais tempo com ela, porém encontrou muitas dificuldades na hora de criar jogadas no campo de ataque. Como resultado, Alex Muralha pouco trabalhou.

Por sua vez, o Coritiba conseguiu assustar Tadeu novamente em algumas chances. De longe, Egídio tentou surpreender, mas o goleiro fez a defesa. Igor Paixão foi mais um que tentou e que também parou no arqueiro, que levou o 1 a 0 para o intervalo.

Ela reaparece

A bola mal voltou a rolar no segundo tempo e a Lei do Ex se fez valor novamente. Em cobrança de falta, Egídio encontrou Léo Gamalho na segunda trave. O artilheiro do Coritiba só teve o trabalho de empurrar a bola para a rede para fazer o 2 a 0.

Ao longo da etapa final, o Goiás tentou esboçar uma reação, mas a pontaria ficou em falta. Maguinho e Danilo Barcelos levaram mais perigo ao gol de Alex Muralha, mas erraram o alvo. Do outro lado, Régis teve a chance de fazer o 3 a 0, porém parou em defesa de Tadeu. Quem não deu chances ao goleiro foi Andrey, que soltou a bomba e fechou o placar no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 3X0 GOIÁS

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data e hora: 10/04/2022 – 11h (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Neuza Ines Back (SP)

Cartões amarelos: Da Silva, Caio, Luiz Filipe, Renato Júnior (Goiás), Henrique, Luciano Castán (Coritiba)

Cartões vermelhos: –

GOLS: Alef Manga (11’/1°T) (1-0), Léo Gamalho (2’/2°T) (2-0), Andrey (45’/2°T) (3-0)

CORITIBA (Técnico: Gustavo Morínigo)

Alex Muralha; Warley (Matheus Alexandre, aos 30’/1°T), Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias (Val, aos 42’/2°T), Andrey e Thonny Anderson (Régis, aos 31’/2°T); Alef Manga (Fabrício, aos 31’/2°T), Léo Gamalho (Guillermo de los Santos, aos 42’/2°T) e Igor Paixão.

GOIÁS (Técnico: Glauber Ramos)

Tadeu; Apodi (Luiz Filipe, aos 22’/2°T), Da Silva, Reynaldo e Hugo; Caio, Fellipe Bastos (Maguinho, aos 0’/2°T), Diego, Élvis e Danilo Barcelos (Auremir, aos 38’/2°T); Renato Júnior.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Mãe revela choque de filho autista após CR7 quebrar celular: ‘Foi agredido’
Próxima Matéria
Corinthians vence o Botafogo na estreia do Brasileirão

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Mãe revela choque de filho autista após CR7 quebrar celular: ‘Foi agredido’
Próxima Matéria
Corinthians vence o Botafogo na estreia do Brasileirão

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!