Com cinco interrupções, Verstappen crava a pole para o GP da Emília-Romanha de F1

Stroll estabeleceu o tempo de referência em 1:23.419s, com os slicks. Bottas era o segundo colocado, mas 1.174s atrás do canadense. A pista ainda estava molhada e era esperada uma melhora considerável até o fim do Q1.

Albon teve um problema que rapidamente se tornou num incêndio em seu Williams. A bandeira vermelha veio, interrompendo a sessão quando faltavam 12min06s para o fim do Q1. Com as chamas na parte traseira do carro, o pneu do FW-44 explodiu.

Com o sinal verde na pista, todos os pilotos partiram com pneus slicks. Ocon assumiu a liderança, mas foi desbancado por Vettel. Stroll e Bottas também melhoraram e eram P1 e P2, respectivamente, quando faltavam oito minutos para o fim.

Alonso marcou 1:21.363s para ser o P1, à frente de Verstappen e Ricciardo, que também melhoraram suas marcas. Norris estabeleceu o ritmo em 1:21.232s, mas não demorou até que a dupla da Ferrari o superasse.

Sainz liderava com 1:20.319s, quase três décimos mais rápido do que o seu companheiro de equipe Leclerc, na P2. Verstappen intercalou os Ferrari com um 1:20.349s.

Na Mercedes, Russell era apenas o 16º colocado, enquanto Hamilton ocupava a 18ª posição, completamente fora de ritmo. Apenas no setor 1, a Mercedes perdia 0,6s comparado com Sainz. Depois de algumas boas voltas, Russell subiu para a P9 e Hamilton para a P10.

Lá na frente, Norris melhorou o tempo e liderou momentaneamente a sessão, até que Leclerc e Sainz melhoraram seus tempos. Dessa vez, Leclerc era o P1 com a marca de 1:19.545s, apenas 0,015s mais rápido do que a volta de Sainz.

Com três minutos para o fim do Q1, os eliminados eram Albon, Nicholas Latifi, Esteban Ocon, Vettel e Hamilton. Russell era o piloto na zona de corte.

Sainz estabeleceu a nova referência em 1:19.305s para liderar a sessão. Magnussen marcou 1:20.147s e subiu para a P3, mas foi superado por Ricciardo. Pouco depois, Verstappen marcou 1:19.295s e Leclerc respondeu com 1:18.796s – quase meio segundo à frente.

Hamilton e Russell melhoraram seus tempos. Hamilton marcou 1:20.470s e ficou na P15, apenas 0,004s de ser eliminado. Tsunoda, 16º, foi o primeiro eliminado com o tempo de 1:20.474s.

Os dois AlphaTauri foram eliminados no Q1, Tsunoda e Gasly. Junto com a dupla, Latifi, Ocon e Albon ficaram pelo caminho.

Q2

 

Sainz liderava o Q2, enquanto os pilotos tentavam fugir da chuva. Verstappen marcou 1:18.793s e tomou a P1 do espanhol – quase dois décimos mais rápido.

Pouco depois, Sainz foi parar no muro e trouxe a segunda bandeira vermelha da qualificação. O cronômetro foi paralisado em 10min42s. O piloto da Ferrari perdeu a traseira no meio da curva e foi direto para as proteções.

A sessão foi reiniciada, mas com chuva. Os pilotos não conseguiram melhorar suas marcas.

Os eliminados foram Stroll, Zhou, Hamilton, Schumacher e Russell.

Q3

Não deu tempo de nenhum piloto cronometrar volta rápida, antes que Magnussen fosse parar nas proteções. A terceira interrupção foi indicada com a bandeira vermelha. O dinamarquês conseguiu sair do muro e retornar à pista, enquanto o replay mostrou que ele não acertou as proteções. A sessão foi interrompida com 8min51s para o fim do Q3, enquanto a Haas comemorou muito nos boxes que seu piloto havia conseguido recuperar o carro.

A direção de prova indicou que a sessão seria retomada em quatro minutos.

A pista ainda estava molhada quando o sinal verde foi dado e refletia nos tempos de volta.

Leclerc era o líder com o tempo de 1:28.778s, enquanto Verstappen andava no mesmo ritmo do monegasco com 1:28.798s. Pouco depois, o piloto da Red Bull marcou 1:27.999s, mas ainda havia mais por vir.

Bottas teve um problema, parou seu Alfa Romeo na pista e trouxe a quarta bandeira vermelha da qualificação. O cronômetro foi parado em 2min58s.

A sessão foi reiniciada, mas não demorou até que Norris batesse e trouxesse a quinta bandeira vermelha da qualificação. Com 30 segundos para o fim, a direção de prova indicou que a sessão estava encerrada. Verstappen vai largar na pole, seguido por Leclerc e Norris, respectivamente, completando os três primeiros.

Confira o grid de largada para o GP da Emília-Romanha:

1) Max Verstappen (Red Bull) 1’27.999
2) Charles Leclerc (Ferrari) 1’28.778
3) Lando Norris (McLaren/Mercedes) 1’29.131
4) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) 1’29.164
5) Fernando Alonso (Alpine/Renault) 1’29.202
6) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes) 1’29.742
7) Sergio Pérez (Red Bull) 1’29.808
8) Valtteri Bottas (Alfa Romeo/Ferrari) 1’30.439
9) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes) 1’31.062
10) Carlos Sainz Jr. (Ferrari) s/tempo
11) George Russell (Mercedes) 1’20.757
12) Mick Schumacher (Haas/Ferrari) 1’20.916
13) Lewis Hamilton (Mercedes) 1’21.138
14) Zhou Guanyu (Alfa Romeo/Ferrari) 1’21.434
15) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes) 1’28.119
16) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Red Bull) 1’20.474
17) Pierre Gasly (AlphaTauri/Red Bull) 1’20.732
18) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes) 1’21.971
19) Esteban Ocon (Alpine/Renault) 1’22.338
20) Alexander Albon (Williams/Mercedes) s/tempo

Com cinco interrupções, Verstappen crava a pole para o GP da Emília-Romanha de F1

Stroll estabeleceu o tempo de referência em 1:23.419s, com os slicks. Bottas era o segundo colocado, mas 1.174s atrás do canadense. A pista ainda estava molhada e era esperada uma melhora considerável até o fim do Q1.

Albon teve um problema que rapidamente se tornou num incêndio em seu Williams. A bandeira vermelha veio, interrompendo a sessão quando faltavam 12min06s para o fim do Q1. Com as chamas na parte traseira do carro, o pneu do FW-44 explodiu.

Com o sinal verde na pista, todos os pilotos partiram com pneus slicks. Ocon assumiu a liderança, mas foi desbancado por Vettel. Stroll e Bottas também melhoraram e eram P1 e P2, respectivamente, quando faltavam oito minutos para o fim.

Alonso marcou 1:21.363s para ser o P1, à frente de Verstappen e Ricciardo, que também melhoraram suas marcas. Norris estabeleceu o ritmo em 1:21.232s, mas não demorou até que a dupla da Ferrari o superasse.

Sainz liderava com 1:20.319s, quase três décimos mais rápido do que o seu companheiro de equipe Leclerc, na P2. Verstappen intercalou os Ferrari com um 1:20.349s.

Na Mercedes, Russell era apenas o 16º colocado, enquanto Hamilton ocupava a 18ª posição, completamente fora de ritmo. Apenas no setor 1, a Mercedes perdia 0,6s comparado com Sainz. Depois de algumas boas voltas, Russell subiu para a P9 e Hamilton para a P10.

Lá na frente, Norris melhorou o tempo e liderou momentaneamente a sessão, até que Leclerc e Sainz melhoraram seus tempos. Dessa vez, Leclerc era o P1 com a marca de 1:19.545s, apenas 0,015s mais rápido do que a volta de Sainz.

Com três minutos para o fim do Q1, os eliminados eram Albon, Nicholas Latifi, Esteban Ocon, Vettel e Hamilton. Russell era o piloto na zona de corte.

Sainz estabeleceu a nova referência em 1:19.305s para liderar a sessão. Magnussen marcou 1:20.147s e subiu para a P3, mas foi superado por Ricciardo. Pouco depois, Verstappen marcou 1:19.295s e Leclerc respondeu com 1:18.796s – quase meio segundo à frente.

Hamilton e Russell melhoraram seus tempos. Hamilton marcou 1:20.470s e ficou na P15, apenas 0,004s de ser eliminado. Tsunoda, 16º, foi o primeiro eliminado com o tempo de 1:20.474s.

Os dois AlphaTauri foram eliminados no Q1, Tsunoda e Gasly. Junto com a dupla, Latifi, Ocon e Albon ficaram pelo caminho.

Q2

 

Sainz liderava o Q2, enquanto os pilotos tentavam fugir da chuva. Verstappen marcou 1:18.793s e tomou a P1 do espanhol – quase dois décimos mais rápido.

Pouco depois, Sainz foi parar no muro e trouxe a segunda bandeira vermelha da qualificação. O cronômetro foi paralisado em 10min42s. O piloto da Ferrari perdeu a traseira no meio da curva e foi direto para as proteções.

A sessão foi reiniciada, mas com chuva. Os pilotos não conseguiram melhorar suas marcas.

Os eliminados foram Stroll, Zhou, Hamilton, Schumacher e Russell.

Q3

Não deu tempo de nenhum piloto cronometrar volta rápida, antes que Magnussen fosse parar nas proteções. A terceira interrupção foi indicada com a bandeira vermelha. O dinamarquês conseguiu sair do muro e retornar à pista, enquanto o replay mostrou que ele não acertou as proteções. A sessão foi interrompida com 8min51s para o fim do Q3, enquanto a Haas comemorou muito nos boxes que seu piloto havia conseguido recuperar o carro.

A direção de prova indicou que a sessão seria retomada em quatro minutos.

A pista ainda estava molhada quando o sinal verde foi dado e refletia nos tempos de volta.

Leclerc era o líder com o tempo de 1:28.778s, enquanto Verstappen andava no mesmo ritmo do monegasco com 1:28.798s. Pouco depois, o piloto da Red Bull marcou 1:27.999s, mas ainda havia mais por vir.

Bottas teve um problema, parou seu Alfa Romeo na pista e trouxe a quarta bandeira vermelha da qualificação. O cronômetro foi parado em 2min58s.

A sessão foi reiniciada, mas não demorou até que Norris batesse e trouxesse a quinta bandeira vermelha da qualificação. Com 30 segundos para o fim, a direção de prova indicou que a sessão estava encerrada. Verstappen vai largar na pole, seguido por Leclerc e Norris, respectivamente, completando os três primeiros.

Confira o grid de largada para o GP da Emília-Romanha:

1) Max Verstappen (Red Bull) 1’27.999
2) Charles Leclerc (Ferrari) 1’28.778
3) Lando Norris (McLaren/Mercedes) 1’29.131
4) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) 1’29.164
5) Fernando Alonso (Alpine/Renault) 1’29.202
6) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes) 1’29.742
7) Sergio Pérez (Red Bull) 1’29.808
8) Valtteri Bottas (Alfa Romeo/Ferrari) 1’30.439
9) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes) 1’31.062
10) Carlos Sainz Jr. (Ferrari) s/tempo
11) George Russell (Mercedes) 1’20.757
12) Mick Schumacher (Haas/Ferrari) 1’20.916
13) Lewis Hamilton (Mercedes) 1’21.138
14) Zhou Guanyu (Alfa Romeo/Ferrari) 1’21.434
15) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes) 1’28.119
16) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Red Bull) 1’20.474
17) Pierre Gasly (AlphaTauri/Red Bull) 1’20.732
18) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes) 1’21.971
19) Esteban Ocon (Alpine/Renault) 1’22.338
20) Alexander Albon (Williams/Mercedes) s/tempo

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
GP da Espanha põe mais ingressos à venda e reativa setor que ficou fora na pandemia
Próxima Matéria
Hamilton joga toalha sobre disputa por oitavo título: “Lutamos para entender carro”

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
GP da Espanha põe mais ingressos à venda e reativa setor que ficou fora na pandemia
Próxima Matéria
Hamilton joga toalha sobre disputa por oitavo título: “Lutamos para entender carro”

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!