Calleri marca no Maracanã, mas São Paulo sofre derrota para o Flamengo

O São Paulo sofreu a primeira derrota no Campeonato Brasileiro. Visitando o Flamengo neste domingo, no Maracanã, o time comandado por Rogério Ceni não conseguiu competir com os donos da casa e tiveram de se conformar com a derrota por 3 a 1. Gabigol, Isla e Arrascaeta balançaram as redes para o Rubro-Negro. Calleri fez o único gol do Tricolor.

Com o resultado, o São Paulo perdeu a chance de manter 100% de aproveitamento no Brasileirão, interrompendo uma sequência de três vitórias consecutivas – foi o primeiro revés desde a final do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

O Flamengo, por sua vez, conquistou seu primeiro triunfo na competição por pontos corridos após empatar em 1 a 1 com o Atlético-GO, fora de casa, na estreia.

O jogo – o início da partida foi marcado por recorrentes vacilos da defesa são-paulina na saída de bola. Logo aos três minutos, Pablo Maia errou o passe, e Everton Ribeiro saiu cara a cara com Jandrei, que fez a primeira grande defesa.

No minuto seguinte, Pablo Maia falhou de novo, desta vez ao tentar proteger a bola, sendo desarmado por Arrascaeta. Gabigol ficou com a bola dentro da área e bateu firme, no cantinho, exigindo outra grande intervenção de Jandrei.

Mas, de tanto vacilar, o São Paulo acabou sendo castigado aos 24 minutos. Rodrigo Nestor perdeu a bola na intermediária, Arrascaeta acionou Lázaro, que deu ótimo passe em profundidade para Gabigol. O camisa 9 do Flamengo saiu cara a cara com Jandrei e tocou com categoria para abrir o placar.

O Tricolor não dava sinais de perigo, mas pouco antes do intervalo acabou chegando ao empate surpreendentemente. Rafinha cruzou pela direita na cabeça de Calleri, e o argentino não desperdiçou, deixando tudo igual com um arremate certeiro ao subir mais alto que Rodinei.

Segundo tempo

Por causa do desempenho ruim no primeiro tempo, Pablo Maia foi substituído no intervalo por Gabriel Sara, mas o Flamengo seguiu tendo sucesso no ataque. Logo aos cinco minutos, Lázaro achou outro bom passe, desta vez para Arrascaeta, que saiu cara a cara com Jandrei, mas viu o goleiro são-paulino fazer outra excelente defesa para salvar sua equipe.

O São Paulo respondeu pouco depois com Calleri, que ficou a centímetros de completar de cabeça o cruzamento de Welington, assustando a torcida rubro-negra no Maracanã.

O Flamengo também promoveu mudanças no segundo tempo. Marinho e Isla entraram nas vagas de Lázaro e Rodinei, respectivamente, e o time de Paulo Sousa, a partir daí, passou a marcar presença no ataque com mais frequência. Aos 21 minutos, em cobrança de falta, Arrascaeta carimbou a trave. No rebote, Filipe Luís desviou de cabeça, no reflexo, com Jandrei ainda caído, mas mandou por cima do gol.

Mas, se o São Paulo contou com a sorte na cobrança de falta de Arrascaeta, no chute de Isla não teve jeito. O lateral-direito chileno recebeu ótimo passe em profundidade de João Gomes, cortou Welington levando para o meio e bateu com a perna esquerda, no cantinho, sem chances para Jandrei, recolocando o Flamengo na frente.

Mal teve tempo de o São Paulo se recompor após o segundo gol e já veio o terceiro. Marinho recebeu lançamento em profundidade, levou para o meio e bateu cruzado. Arrascaeta apareceu no meio do caminho e desviou de cabeça, matando Jandrei na jogada e fechando os trabalhos no Maracanã..

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 1 SÃO PAULO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro

Data: 17 de abril de 2022, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RJ)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RJ) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Wagner Reway (PB)

Gols: Gabigol, aos 24 do 1ºT, Isla, aos 24 do 2ºT, Arrascaeta, aos 26 do 2ºT (Flamengo); Calleri, aos 40 do 1ºT (São Paulo)

Cartões amarelos: João Gomes, Gabigol (Flamengo); Rafinha, Pablo Maia, Diego Costa, André Anderson, Reinaldo, Léo (São Paulo)

FLAMENGO: Hugo; Rodinei (Isla), Willian Arão, David Luiz e Filipe Luís; João Gomes, Thiago Maia e De Arrascaeta (Andreas Pereira); Everton Ribeiro (Matheus França), Lázaro (Marinho) e Gabigol (Pedro).

Técnico: Paulo Sousa.

SÃO PAULO: Jandrei; Rafinha (Igor Vinícius), Diego Costa, Léo e Welington (Reinaldo); Pablo Maia (Gabriel Sara), Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Alisson (André Anderson); Eder (Nikão) e Calleri.

Técnico: Rogério Ceni.

Calleri marca no Maracanã, mas São Paulo sofre derrota para o Flamengo

O São Paulo sofreu a primeira derrota no Campeonato Brasileiro. Visitando o Flamengo neste domingo, no Maracanã, o time comandado por Rogério Ceni não conseguiu competir com os donos da casa e tiveram de se conformar com a derrota por 3 a 1. Gabigol, Isla e Arrascaeta balançaram as redes para o Rubro-Negro. Calleri fez o único gol do Tricolor.

Com o resultado, o São Paulo perdeu a chance de manter 100% de aproveitamento no Brasileirão, interrompendo uma sequência de três vitórias consecutivas – foi o primeiro revés desde a final do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

O Flamengo, por sua vez, conquistou seu primeiro triunfo na competição por pontos corridos após empatar em 1 a 1 com o Atlético-GO, fora de casa, na estreia.

O jogo – o início da partida foi marcado por recorrentes vacilos da defesa são-paulina na saída de bola. Logo aos três minutos, Pablo Maia errou o passe, e Everton Ribeiro saiu cara a cara com Jandrei, que fez a primeira grande defesa.

No minuto seguinte, Pablo Maia falhou de novo, desta vez ao tentar proteger a bola, sendo desarmado por Arrascaeta. Gabigol ficou com a bola dentro da área e bateu firme, no cantinho, exigindo outra grande intervenção de Jandrei.

Mas, de tanto vacilar, o São Paulo acabou sendo castigado aos 24 minutos. Rodrigo Nestor perdeu a bola na intermediária, Arrascaeta acionou Lázaro, que deu ótimo passe em profundidade para Gabigol. O camisa 9 do Flamengo saiu cara a cara com Jandrei e tocou com categoria para abrir o placar.

O Tricolor não dava sinais de perigo, mas pouco antes do intervalo acabou chegando ao empate surpreendentemente. Rafinha cruzou pela direita na cabeça de Calleri, e o argentino não desperdiçou, deixando tudo igual com um arremate certeiro ao subir mais alto que Rodinei.

Segundo tempo

Por causa do desempenho ruim no primeiro tempo, Pablo Maia foi substituído no intervalo por Gabriel Sara, mas o Flamengo seguiu tendo sucesso no ataque. Logo aos cinco minutos, Lázaro achou outro bom passe, desta vez para Arrascaeta, que saiu cara a cara com Jandrei, mas viu o goleiro são-paulino fazer outra excelente defesa para salvar sua equipe.

O São Paulo respondeu pouco depois com Calleri, que ficou a centímetros de completar de cabeça o cruzamento de Welington, assustando a torcida rubro-negra no Maracanã.

O Flamengo também promoveu mudanças no segundo tempo. Marinho e Isla entraram nas vagas de Lázaro e Rodinei, respectivamente, e o time de Paulo Sousa, a partir daí, passou a marcar presença no ataque com mais frequência. Aos 21 minutos, em cobrança de falta, Arrascaeta carimbou a trave. No rebote, Filipe Luís desviou de cabeça, no reflexo, com Jandrei ainda caído, mas mandou por cima do gol.

Mas, se o São Paulo contou com a sorte na cobrança de falta de Arrascaeta, no chute de Isla não teve jeito. O lateral-direito chileno recebeu ótimo passe em profundidade de João Gomes, cortou Welington levando para o meio e bateu com a perna esquerda, no cantinho, sem chances para Jandrei, recolocando o Flamengo na frente.

Mal teve tempo de o São Paulo se recompor após o segundo gol e já veio o terceiro. Marinho recebeu lançamento em profundidade, levou para o meio e bateu cruzado. Arrascaeta apareceu no meio do caminho e desviou de cabeça, matando Jandrei na jogada e fechando os trabalhos no Maracanã..

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 1 SÃO PAULO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro

Data: 17 de abril de 2022, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RJ)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RJ) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Wagner Reway (PB)

Gols: Gabigol, aos 24 do 1ºT, Isla, aos 24 do 2ºT, Arrascaeta, aos 26 do 2ºT (Flamengo); Calleri, aos 40 do 1ºT (São Paulo)

Cartões amarelos: João Gomes, Gabigol (Flamengo); Rafinha, Pablo Maia, Diego Costa, André Anderson, Reinaldo, Léo (São Paulo)

FLAMENGO: Hugo; Rodinei (Isla), Willian Arão, David Luiz e Filipe Luís; João Gomes, Thiago Maia e De Arrascaeta (Andreas Pereira); Everton Ribeiro (Matheus França), Lázaro (Marinho) e Gabigol (Pedro).

Técnico: Paulo Sousa.

SÃO PAULO: Jandrei; Rafinha (Igor Vinícius), Diego Costa, Léo e Welington (Reinaldo); Pablo Maia (Gabriel Sara), Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Alisson (André Anderson); Eder (Nikão) e Calleri.

Técnico: Rogério Ceni.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Chelsea vence o Crystal Palace e está na final da FA Cup
Próxima Matéria
Red Bull Bragantino atropela o Atlético-GO e vence pela primeira vez no Brasileirão

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Chelsea vence o Crystal Palace e está na final da FA Cup
Próxima Matéria
Red Bull Bragantino atropela o Atlético-GO e vence pela primeira vez no Brasileirão

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!