Brasileirão terá muitos jogos com times mistos

Num ano de calendário muito apertado, por causa da disputa da Copa do Mundo em novembro e dezembro, a Série A de 2022, que começará no sábado (9), vai ter uma quantidade expressiva de jogos com times mistos ou reservas. Essa é a tendência, até porque são 15 as equipes da elite que integram ou a Libertadores ou a Copa Sul-Americana.

Desse total, apenas o São Paulo já deixou claro que sua prioridade vai ser o Brasileiro. O Tricolor está na Copa Sul-Americana e estreia nessa quinta (7) contra o Ayacucho, no Peru.

Para os demais, as competições internacionais aparecem como objetivo principal. Isso levará vários deles a pouparem seus titulares em partidas do Brasileiro, o que já vinha sendo feito nos últimos anos, de modo moderado. A diferença é que agora as datas são bem mais escassas, o que significa que os jogadores vão ter menos tempo para se recuperar de lesões e de desgaste físico. Pesam sobre isso as viagens contínuas pelo continente e pelo próprio país.

Os oito representantes do Brasil na Libertadores, Atlético-MG, Palmeiras, Flamengo, América-MG, Corinthians, Fortaleza, Bragantino e Athletico-PR, vão ter compromissos pela fase de grupos até o final de maio. Assim como os sete times da Série A que fazem parte da Copa Sul-Americana: São Paulo, Fluminense, Internacional, Santos, Ceará, Cuiabá e Atlético-GO.

Brasileirão terá muitos jogos com times mistos

Num ano de calendário muito apertado, por causa da disputa da Copa do Mundo em novembro e dezembro, a Série A de 2022, que começará no sábado (9), vai ter uma quantidade expressiva de jogos com times mistos ou reservas. Essa é a tendência, até porque são 15 as equipes da elite que integram ou a Libertadores ou a Copa Sul-Americana.

Desse total, apenas o São Paulo já deixou claro que sua prioridade vai ser o Brasileiro. O Tricolor está na Copa Sul-Americana e estreia nessa quinta (7) contra o Ayacucho, no Peru.

Para os demais, as competições internacionais aparecem como objetivo principal. Isso levará vários deles a pouparem seus titulares em partidas do Brasileiro, o que já vinha sendo feito nos últimos anos, de modo moderado. A diferença é que agora as datas são bem mais escassas, o que significa que os jogadores vão ter menos tempo para se recuperar de lesões e de desgaste físico. Pesam sobre isso as viagens contínuas pelo continente e pelo próprio país.

Os oito representantes do Brasil na Libertadores, Atlético-MG, Palmeiras, Flamengo, América-MG, Corinthians, Fortaleza, Bragantino e Athletico-PR, vão ter compromissos pela fase de grupos até o final de maio. Assim como os sete times da Série A que fazem parte da Copa Sul-Americana: São Paulo, Fluminense, Internacional, Santos, Ceará, Cuiabá e Atlético-GO.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Paulo Sousa diz que Fla fez ‘o que pretendia’ na Libertadores
Próxima Matéria
Com dois de Navarro, Palmeiras atropela o Deportivo Táchira

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Paulo Sousa diz que Fla fez ‘o que pretendia’ na Libertadores
Próxima Matéria
Com dois de Navarro, Palmeiras atropela o Deportivo Táchira

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!