Abel Braga reclama de pênalti contra o Fluminense em derrota

O Fluminense teve uma atuação muito ruim e acabou perdendo para o Junior Barranquilla (COL) por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, no Estádio Metropolitano, na Colômbia. Após a partida, o técnico Abel Braga lamentou o resultado, mas também aproveitou para reclamar da marcação do pênalti no segundo gol dos donos da casa. O lance se originou em uma falta de André fora da área, mas que o árbitro viu dentro e deu a penalidade.

– Nos custou muito caro, porque fizeram dois gols. Um gol é oferecido pelo árbitro, porque o pênalti não existe, ele é fora da área. Mas é isso, temos que saber conviver. Melhoramos muito no segundo tempo, tivemos o domínio completo do jogo, mas não fomos capazes de marcar. Então, tem que felicitar a atuação do adversário, que, no todo, foi melhor que a nossa – afirmou.

– Eu queria saber (por que jogou mal). Tanto que nós fizemos algumas mudanças, a equipe ficou mais consistente. Mas eu não acho que seja um problema da parte técnica, acho que nós taticamente não tivemos uma leitura correta do jogo. A grande superioridade do Barranquilla foi a dinâmica dos dois volantes, os dois segundos volantes, o 7 e o 15. Ali encontramos problema. Mas o adversário está de parabéns, como vou contestar uma vitória por 3 a 0? – completou.

Com o resultado, o Flu cai para o terceiro lugar do Grupo H, com três pontos. Unión Santa Fe (ARG) lidera com quatro, empatado com o Junior, segundo colocado. O Oriente Petrolero (BOL) é o lanterna, com zero. Por conta do resultado do duelo, o saldo de gols tricolor vai a zero, enquanto Junior tem três, e Santa Fe, dois.

– Nós perdemos em saldo aquilo que nós tínhamos, mas o primeiro critério é em pontos, e nós vamos enfrentá-los no Rio de Janeiro. Vamos tentar sair com o resultado – disse o treinador durante a entrevista.

Agora, o Fluminense volta as atenções novamente para o Brasileirão. No sábado, visita o Cuiabá às 21h. No meio de semana, a equipe jogará pela Copa do Brasil. A estreia na terceira fase será diante do Vila Nova, em casa, terça-feira, às 21h30. A próxima partida na Sul-Americana será apenas no dia 26 para encarar o Unión Santa Fe, no Maracanã, às 21h30 (de Brasília).

– Nós sabíamos que iríamos vir para um jogo complicado, é uma equipe bem armada, muito rápida, e não esperávamos que nós, no primeiro tempo, estivéssemos tão abaixo. Fizemos uma leitura melhor no segundo tempo, e conseguimos equilibrar bem as coisas, até com uma certa superioridade, mas não tem o que contestar. Mesmo com o primeiro tempo ruim, tivemos um pênalti marcado de forma absurda, e é claro que isso influenciou na atuação – finalizou o técnico do Flu.

Abel Braga reclama de pênalti contra o Fluminense em derrota

O Fluminense teve uma atuação muito ruim e acabou perdendo para o Junior Barranquilla (COL) por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, no Estádio Metropolitano, na Colômbia. Após a partida, o técnico Abel Braga lamentou o resultado, mas também aproveitou para reclamar da marcação do pênalti no segundo gol dos donos da casa. O lance se originou em uma falta de André fora da área, mas que o árbitro viu dentro e deu a penalidade.

– Nos custou muito caro, porque fizeram dois gols. Um gol é oferecido pelo árbitro, porque o pênalti não existe, ele é fora da área. Mas é isso, temos que saber conviver. Melhoramos muito no segundo tempo, tivemos o domínio completo do jogo, mas não fomos capazes de marcar. Então, tem que felicitar a atuação do adversário, que, no todo, foi melhor que a nossa – afirmou.

– Eu queria saber (por que jogou mal). Tanto que nós fizemos algumas mudanças, a equipe ficou mais consistente. Mas eu não acho que seja um problema da parte técnica, acho que nós taticamente não tivemos uma leitura correta do jogo. A grande superioridade do Barranquilla foi a dinâmica dos dois volantes, os dois segundos volantes, o 7 e o 15. Ali encontramos problema. Mas o adversário está de parabéns, como vou contestar uma vitória por 3 a 0? – completou.

Com o resultado, o Flu cai para o terceiro lugar do Grupo H, com três pontos. Unión Santa Fe (ARG) lidera com quatro, empatado com o Junior, segundo colocado. O Oriente Petrolero (BOL) é o lanterna, com zero. Por conta do resultado do duelo, o saldo de gols tricolor vai a zero, enquanto Junior tem três, e Santa Fe, dois.

– Nós perdemos em saldo aquilo que nós tínhamos, mas o primeiro critério é em pontos, e nós vamos enfrentá-los no Rio de Janeiro. Vamos tentar sair com o resultado – disse o treinador durante a entrevista.

Agora, o Fluminense volta as atenções novamente para o Brasileirão. No sábado, visita o Cuiabá às 21h. No meio de semana, a equipe jogará pela Copa do Brasil. A estreia na terceira fase será diante do Vila Nova, em casa, terça-feira, às 21h30. A próxima partida na Sul-Americana será apenas no dia 26 para encarar o Unión Santa Fe, no Maracanã, às 21h30 (de Brasília).

– Nós sabíamos que iríamos vir para um jogo complicado, é uma equipe bem armada, muito rápida, e não esperávamos que nós, no primeiro tempo, estivéssemos tão abaixo. Fizemos uma leitura melhor no segundo tempo, e conseguimos equilibrar bem as coisas, até com uma certa superioridade, mas não tem o que contestar. Mesmo com o primeiro tempo ruim, tivemos um pênalti marcado de forma absurda, e é claro que isso influenciou na atuação – finalizou o técnico do Flu.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Banana é atirada contra torcedores do Fortaleza em derrota para o River Plate
Próxima Matéria
Atlético-MG e América-MG empatam em clássico pela Libertadores

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Banana é atirada contra torcedores do Fortaleza em derrota para o River Plate
Próxima Matéria
Atlético-MG e América-MG empatam em clássico pela Libertadores

+ NOTÍCIAS DE ESPORTES

Menu
error: Content is protected !!