Os Clássicos do Cinema que Completam 40 anos em 2022 – Mais ADORADOS pelo Público

Esse ano, uma nova leva de grandes filmes do cinema adicionam mais uma década à suas trajetórias comemorando 40 anos de suas estreias. Produções famosas e ainda muito queridas do grande público, consideradas atemporais e imortais. Filmes como Blade Runner – O Caçador de AndroidesE.T. – O Extraterrestre, Poltergeist – O FenômenoRambo – Programado para MatarRocky III – O Desafio SupremoConan – O BárbaroO Enigma de Outro MundoGandhi e Tron – Uma Odisseia Eletrônica. Isso, é claro, só para citar os principais. Mas a verdade é que em um ano, onde mais de uma centena de produções são lançadas, os que ficam verdadeiramente para a eternidade são apenas um punhado.

Os cinéfilos podem até se aprofundar um pouco mais (afinal assistir a filmes é o resumo de suas vidas), porém, em relação ao grande público nem tudo fica memorável. Afinal, quantos já ouviram falar ou lembram de filmes como A Melhor Casa Suspeita do TexasRaposa de FogoUm Cara Muito BaratinadoNa Calada da NoiteQuando Jovens se Tornam Adultos Fronteira da Violência – todos filmes lançados no mesmo ano citado e relevantes na época, mas que terminaram caindo no esquecimento?

A verdade é que mesmo com todo elogio possível da crítica, ou desprezo, é o público quem dita o que fará sucesso, o que será esquecido e variando as gerações o que será redescoberto. Assim, nesta nova matéria dupla, a proposta é justamente averiguar quais dentre os clássicos do cinema que completam 40 anos em 2022, o grande público abraçou de vez e quais ele decidiu execrar. Agora seguimos com a parte de cima da lista, com os clássicos mais adorados pelos fãs. Confira.

| Leia também: Os Clássicos do Cinema que Completam 40 anos em 2022 – Mais DETONADOS pelo Público

10 | Jornada nas Estrelas II – A Ira de Khan

CINÉFILOS PARA SEMPRE: JORNADA NAS ESTRELAS II - A IRA DE KHAN / STAR TREK  II - THE WRAITH OF KHAN (1982) - ESTADOS UNIDOS

A franquia Jornada nas Estrelas, ou Star Trek, começou na TV ainda na década de 1960, criada por Gene Roddenberry. O programa não ficou muito tempo no ar e foi cancelado, mas começou a ganhar uma legião cada vez maior de fãs devido à suas reprises nos canais de TV pelo mundo. Assim, a obra ganhou nova chance quando o interesse por aventuras espaciais teve um boom com o sucesso de Star Wars em 1977. Assim, dois anos depois, Jornada nas Estrelas chegava aos cinemas com ares de superprodução. Mas foi esse segundo filme da franquia que ganharia de vez o público, conquistando novos fãs. A Ira de Khan completa 40 anos em 2022, e marcou tanto a franquia que o vilão do título ganharia nova versão no reboot de 2013. Críticos e o público concordam que esse é provavelmente o melhor filme da franquia clássica do cinema, e garantiram ao filme uma nota de 7.7.

09 | Rambo – Programado para Matar

Brian Dennehy, ator de 'Rambo', morre aos 81 anos | Cinema | G1

O segundo personagem icônico do astro Sylvester Stallone também completa 40 anos em 2022. Dá para acreditar? Nos anos 1980, o soldado traumatizado do Vietnã ganhou uma linha de bonecos para os meninos, lancheiras, fantasias, cobertores, álbum de figurinhas, um desenho animado (é claro) e até mesmo um concurso no Viva a Noite, do saudoso Gugu. Mas tudo começou aqui. Quando estrelou RockyStallone tinha medo de ficar preso ao papel, já que seus outros filmes da época não conseguiam sucesso. Assim, depois de fazer Rocky três vezes, o ator finalmente encontrava uma outra produção badalada para chamar de sua. E deu muito certo, como sabemos. O primeiro filme de Rambo, no entanto, é diferente dos seguintes, pois aqui o personagem não é um herói e sim um anti-herói. Programado para Matar (campeão de reprises no SBT nas décadas de 80 e 90) também tem nota 7.7 do público, porém, possui número de votos maior do que o item acima.

08 | O Rei da Comédia

O Rei da Comédia - 1982 (Resenha) - Canto dos Clássicos

A arte é referência. É conhecimento. E com o cinema não é diferente. Assim, como um bom exercício de estudo, os mais novos podem buscar este verdadeiro novo clássico dirigido por ninguém menos que Martin Scorsese para entenderem um pouco mais as inspirações de Todd Phillips para seu mega sucesso Coringa (2019), com Joaquin Phoenix. O filme do palhaço do crime é puro cinema dos anos 70, e é puro Scorsese. Em especial O Rei da Comédia. O filme, que se torna quarentão em dezembro deste ano, conta a história de Rupert Pupkin (papel do grande Robert De Niro), um sujeito que assim como o Arthur Fleck de Phoenix sonha em se tornar um humorista de sucesso. Ele tenta contar com o apoio de seu ídolo, um comediante apresentador de um famoso talk-show, interpretado pelo veterano da comédia Jerry Lewis. Mas quando não consegue, decide tomar medidas extremas e sequestrar a celebridade a fim de realizar seu sonho. A comédia incorreta é um dos filmes cult de Scorsese e soma nota 7.8 com o público.

07 | E.T. – O Extraterrestre

E.T. O Extraterrestre: Qual filme inspirou o clássico de Steven Spielberg?  · Rolling Stone

Mais uma vez é bom deixar claro que esta lista é sobre as avaliações do grande público, e não exclusivamente dos críticos. Sendo assim, encontraremos um bom número de produções de entretenimento – os chamados filmes-pipoca. Mas isso não significa que veremos obras de baixa qualidade aqui. Muito pelo contrário. Tais filmes são sempre mencionados inclusive pelos especialistas quando citam as melhores e mais queridas produções da sétima arte. Sendo assim, o atemporal E.T. – O Extraterrestre chega agora à matéria em sétima posição. Um longa que conquistou os pequenos e os adultos, permanecendo até hoje como um dos grandes exemplos do gênero de filmes mirados à toda a família. A visita do pequeno ser interplanetário completa 40 anos em 2022, e nós nunca mais seríamos os mesmos. E.T. segue até hoje como uma das obras mais populares do cinema, e soma nota 7.9 junto ao público.

06 | Fitzcarraldo

Grandes figuras da telona: Fitzcarraldo, um descabelado fã de ópera

Embora tenhamos algumas produções de entretenimento figurando aqui, quem disse que não teremos também filmes mais sérios, adultos e considerados “de arte”. Essa produção alemã é comandada pelo cultuado Werner Herzog e ainda é tida como uma das mais problemáticas da história do cinema. Um verdadeiro épico de quase 3 horas de duração, esta aventura dramática narra a história de obsessão de Brian Sweeney Fitzgerald (papel de Klaus Kinski), um amante da ópera decidido a construir uma casa de espetáculos no meio da selva Amazônica peruana no início do Século XX. O filme é baseado na história real da figura irlandesa. O filme recebeu indicações ao BAFTA e recebeu nota 8.0 do grande público – sendo um dos mais elogiados que completam 40 anos em 2022.

05 | Pink Floyd – The Wall

Pink Floyd e The Wall: todos erguemos muros ao nosso redor, qual é o seu?

Chegamos agora ao Top 5 dos filmes mais elogiados do cinema que completam 40 anos em 2022, com esta experiência alucinógena em forma de longa-metragem, servida pela icônica banda de rock Pink Floyd. O próprio Roger Waters foi quem escreveu o roteiro, baseado no álbum The Wall da banda. A direção ficou a cargo de Alan Parker, o mesmo de clássicos como O Expresso da Meia Noite e Mississippi em Chamas. Na trama, se é que podemos encontrar uma, Bob Geldof interpreta o astro do rock chamado Pink. O filme apresenta sua jornada, lembrando de traumas do passado, como a falta de uma figura paterna, tendo seu pai sido morto na Guerra, e a opressão de seus professores na escola – um forte tema na canção do grupo. The Wall – O Filme mistura animação e atores reais para sua jornada sensorial de 1h 35 minutos de duração. Além, é claro, de muita música do Pink Floyd.

04 | Fanny e Alexander

Especial Ingmar Bergman 100 Anos: 'Fanny e Alexander' (1983)

Em nossa quarta posição, temos o filme de um dos cineastas mais celebrados e adorados por cinéfilos e críticos de cinema: o sueco Ingmar Bergman. Aqui, o autor apresenta seu retrato da burguesia visto através dos olhos de duas crianças, os irmãos que dão título ao longa. O roteiro, escrito pelo próprio diretor autoral, descortina o dia de a dia de uma família aristocrata no início dos anos 1900, a forma como se relacionam entre si e com os empregados. O drama de 3 horas e 8 minutos de duração foi vencedor de 4 estatuetas do Oscar no ano de 1983 (melhor fotografia, direção de arte, figurino e filme estrangeiro), além das indicações de melhor diretor e roteiro original – ambos para Bergman. Com os fãs e o grande público, Fanny e Alexander recebeu nota 8.1, sendo uma das maiores de seu respectivo ano.

03 | Gandhi

Há 70 anos morria Mahatma Gandhi, o pai dos protestos pacíficos | VEJA

Por falar em Oscar, chegando agora em terceira posição da lista e subindo ao pódio com medalha de bronze, temos uma verdadeira obra-prima da sétima arte comandada pelo saudoso Richard Attenborough – ator e diretor mais conhecido como o milionário John Hammond, o dono do Jurassic Park (1993). O filme fez a limpa naquela edição do Oscar, levando 8 prêmios dos 11 aos quais estava indicado. Gandhi venceu melhor filme, ator principal (Ben Kingsley), diretor (Attenborough), roteiro original, fotografia, direção de arte, figurino e edição; além de ter sido indicado também para som, trilha sonora e maquiagem. Apesar de tamanho prestígio, Sir Richard Attenborough, “humildão” como era, se dizia mais fã de E.T. – O Extraterrestre, que também estava indicado ao Oscar de melhor filme e algumas outras categorias. A obra, é claro, é a biografia de 3 horas e 11 minutos de duração do líder político e espiritual da Índia, Mahatma Gandhi. Fora isso, Gandhi é o primeiro item da lista a figurar entre os 250 melhores filmes de todos os tempos de acordo com o público no IMDB. O longa consta com nota 8.1 na opinião dos fãs, porém, com mais votos do que o item acima.

02 | Blade Runner – O Caçador de Androides

Tudo que você precisa saber sobre Blade Runner, o Caçador de Andróides -  Matérias especiais de cinema - AdoroCinema

Chegamos agora à nossa vice-liderança, com a medalha de prata do ranking. O segundo filme mais bem avaliado de quarenta anos atrás é nenhum outro senão a obra-prima da ficção científica noir Blade Runner. Inovador em vários sentidos e ainda muito influente até hoje, a produção do diretor Ridley Scott é considerada revolucionária. Scott, cujo filme anterior havia sido Alien – O Oitavo Passageiro (1979), marcava seu nome em Hollywood como um dos mais criativos realizadores do período, se tornando um especialista em criar novos mundos. E com Blade Runner ele ia além do que havia feito antes, idealizando uma Los Angeles do futuro onde carros voadores são uma realidade, e também os chamados Replicantes – androides tão parecidos com os humanos, que somente os agentes chamados Blade Runner são capazes de identifica-los. O sci-fi, no entanto, não foi abraçado por críticos e o público em sua época de lançamento nos cinemas, vindo a ser redescoberto por novas gerações nas vídeo locadoras, onde através de novos olhares foi ganhando cada vez mais peso como cult até se tornar um filme querido pela maioria. Em 2017, uma continuação intitulada Blade Runner 2049 estreou nos cinemas, debaixo de muitos elogios dos especialistas. Blade Runner também tem nota 8.1, mas possui mais votos dos fãs.

01 | O Enigma de Outro Mundo

Top 5: Melhores filmes de Kurt Russell - Cine Mundo

A medalha de ouro ficou com O Enigma de Outro Mundo, dirigido pelo mestre John Carpenter. No fim das contas, outra ficção científica – esta mais voltada ao terror e ao suspense – subiu ao ponto mais alto do pódio. É realmente uma tarefa muito ingrata medir qual filme é melhor. Afinal, a arte é subjetiva. E entendo que para muitos, o melhor filme de quarenta anos atrás possa ser Blade Runner ou até mesmo Gandhi. Ou quem sabe nenhum dos dois, ou sequer um filme que estava nesta lista. Mas aqui, nossa pesquisa se baseou no consenso de grande parte dos cinéfilos que votaram para eleger seu filme preferido, e seguindo por esse pensamento, O Enigma de Outro Mundo é o único filme a completar 40 anos que recebeu avaliação 8.2 dos fãs. Isso que é moral. E não é para menos, já que este longa enigmático de Carpenter fez parte da infância de toda uma geração e continua a assombrar cinéfilos do mundo todo.

Sim, Blade Runner e até E.T. são filmes mais populares, mas The Thing (no título original) é mais bem avaliado do que ambos – ou seja, quem gosta do filme de Carpenter, gosta mesmo. A trama, uma reimaginação do clássico B de ficção, O Monstro do Ártico (1951), mostra uma base de pesquisa norte-americana no meio do gelo. Os cientistas terminam por encontrar vida alienígena congelada no local, mas quando a criatura se descongela, eles descobrirão da pior maneira que ela tem a capacidade de se tornar qualquer um. O filme é estrelado por Kurt Russell e assim como Blade Runner só descobriu sua audiência quando foi lançado em vídeo – já que nos cinemas foi fracasso. O Enigma de Outro Mundo recebeu nota 8.2, como dito.

Os Clássicos do Cinema que Completam 40 anos em 2022 – Mais ADORADOS pelo Público

Esse ano, uma nova leva de grandes filmes do cinema adicionam mais uma década à suas trajetórias comemorando 40 anos de suas estreias. Produções famosas e ainda muito queridas do grande público, consideradas atemporais e imortais. Filmes como Blade Runner – O Caçador de AndroidesE.T. – O Extraterrestre, Poltergeist – O FenômenoRambo – Programado para MatarRocky III – O Desafio SupremoConan – O BárbaroO Enigma de Outro MundoGandhi e Tron – Uma Odisseia Eletrônica. Isso, é claro, só para citar os principais. Mas a verdade é que em um ano, onde mais de uma centena de produções são lançadas, os que ficam verdadeiramente para a eternidade são apenas um punhado.

Os cinéfilos podem até se aprofundar um pouco mais (afinal assistir a filmes é o resumo de suas vidas), porém, em relação ao grande público nem tudo fica memorável. Afinal, quantos já ouviram falar ou lembram de filmes como A Melhor Casa Suspeita do TexasRaposa de FogoUm Cara Muito BaratinadoNa Calada da NoiteQuando Jovens se Tornam Adultos Fronteira da Violência – todos filmes lançados no mesmo ano citado e relevantes na época, mas que terminaram caindo no esquecimento?

A verdade é que mesmo com todo elogio possível da crítica, ou desprezo, é o público quem dita o que fará sucesso, o que será esquecido e variando as gerações o que será redescoberto. Assim, nesta nova matéria dupla, a proposta é justamente averiguar quais dentre os clássicos do cinema que completam 40 anos em 2022, o grande público abraçou de vez e quais ele decidiu execrar. Agora seguimos com a parte de cima da lista, com os clássicos mais adorados pelos fãs. Confira.

| Leia também: Os Clássicos do Cinema que Completam 40 anos em 2022 – Mais DETONADOS pelo Público

10 | Jornada nas Estrelas II – A Ira de Khan

CINÉFILOS PARA SEMPRE: JORNADA NAS ESTRELAS II - A IRA DE KHAN / STAR TREK  II - THE WRAITH OF KHAN (1982) - ESTADOS UNIDOS

A franquia Jornada nas Estrelas, ou Star Trek, começou na TV ainda na década de 1960, criada por Gene Roddenberry. O programa não ficou muito tempo no ar e foi cancelado, mas começou a ganhar uma legião cada vez maior de fãs devido à suas reprises nos canais de TV pelo mundo. Assim, a obra ganhou nova chance quando o interesse por aventuras espaciais teve um boom com o sucesso de Star Wars em 1977. Assim, dois anos depois, Jornada nas Estrelas chegava aos cinemas com ares de superprodução. Mas foi esse segundo filme da franquia que ganharia de vez o público, conquistando novos fãs. A Ira de Khan completa 40 anos em 2022, e marcou tanto a franquia que o vilão do título ganharia nova versão no reboot de 2013. Críticos e o público concordam que esse é provavelmente o melhor filme da franquia clássica do cinema, e garantiram ao filme uma nota de 7.7.

09 | Rambo – Programado para Matar

Brian Dennehy, ator de 'Rambo', morre aos 81 anos | Cinema | G1

O segundo personagem icônico do astro Sylvester Stallone também completa 40 anos em 2022. Dá para acreditar? Nos anos 1980, o soldado traumatizado do Vietnã ganhou uma linha de bonecos para os meninos, lancheiras, fantasias, cobertores, álbum de figurinhas, um desenho animado (é claro) e até mesmo um concurso no Viva a Noite, do saudoso Gugu. Mas tudo começou aqui. Quando estrelou RockyStallone tinha medo de ficar preso ao papel, já que seus outros filmes da época não conseguiam sucesso. Assim, depois de fazer Rocky três vezes, o ator finalmente encontrava uma outra produção badalada para chamar de sua. E deu muito certo, como sabemos. O primeiro filme de Rambo, no entanto, é diferente dos seguintes, pois aqui o personagem não é um herói e sim um anti-herói. Programado para Matar (campeão de reprises no SBT nas décadas de 80 e 90) também tem nota 7.7 do público, porém, possui número de votos maior do que o item acima.

08 | O Rei da Comédia

O Rei da Comédia - 1982 (Resenha) - Canto dos Clássicos

A arte é referência. É conhecimento. E com o cinema não é diferente. Assim, como um bom exercício de estudo, os mais novos podem buscar este verdadeiro novo clássico dirigido por ninguém menos que Martin Scorsese para entenderem um pouco mais as inspirações de Todd Phillips para seu mega sucesso Coringa (2019), com Joaquin Phoenix. O filme do palhaço do crime é puro cinema dos anos 70, e é puro Scorsese. Em especial O Rei da Comédia. O filme, que se torna quarentão em dezembro deste ano, conta a história de Rupert Pupkin (papel do grande Robert De Niro), um sujeito que assim como o Arthur Fleck de Phoenix sonha em se tornar um humorista de sucesso. Ele tenta contar com o apoio de seu ídolo, um comediante apresentador de um famoso talk-show, interpretado pelo veterano da comédia Jerry Lewis. Mas quando não consegue, decide tomar medidas extremas e sequestrar a celebridade a fim de realizar seu sonho. A comédia incorreta é um dos filmes cult de Scorsese e soma nota 7.8 com o público.

07 | E.T. – O Extraterrestre

E.T. O Extraterrestre: Qual filme inspirou o clássico de Steven Spielberg?  · Rolling Stone

Mais uma vez é bom deixar claro que esta lista é sobre as avaliações do grande público, e não exclusivamente dos críticos. Sendo assim, encontraremos um bom número de produções de entretenimento – os chamados filmes-pipoca. Mas isso não significa que veremos obras de baixa qualidade aqui. Muito pelo contrário. Tais filmes são sempre mencionados inclusive pelos especialistas quando citam as melhores e mais queridas produções da sétima arte. Sendo assim, o atemporal E.T. – O Extraterrestre chega agora à matéria em sétima posição. Um longa que conquistou os pequenos e os adultos, permanecendo até hoje como um dos grandes exemplos do gênero de filmes mirados à toda a família. A visita do pequeno ser interplanetário completa 40 anos em 2022, e nós nunca mais seríamos os mesmos. E.T. segue até hoje como uma das obras mais populares do cinema, e soma nota 7.9 junto ao público.

06 | Fitzcarraldo

Grandes figuras da telona: Fitzcarraldo, um descabelado fã de ópera

Embora tenhamos algumas produções de entretenimento figurando aqui, quem disse que não teremos também filmes mais sérios, adultos e considerados “de arte”. Essa produção alemã é comandada pelo cultuado Werner Herzog e ainda é tida como uma das mais problemáticas da história do cinema. Um verdadeiro épico de quase 3 horas de duração, esta aventura dramática narra a história de obsessão de Brian Sweeney Fitzgerald (papel de Klaus Kinski), um amante da ópera decidido a construir uma casa de espetáculos no meio da selva Amazônica peruana no início do Século XX. O filme é baseado na história real da figura irlandesa. O filme recebeu indicações ao BAFTA e recebeu nota 8.0 do grande público – sendo um dos mais elogiados que completam 40 anos em 2022.

05 | Pink Floyd – The Wall

Pink Floyd e The Wall: todos erguemos muros ao nosso redor, qual é o seu?

Chegamos agora ao Top 5 dos filmes mais elogiados do cinema que completam 40 anos em 2022, com esta experiência alucinógena em forma de longa-metragem, servida pela icônica banda de rock Pink Floyd. O próprio Roger Waters foi quem escreveu o roteiro, baseado no álbum The Wall da banda. A direção ficou a cargo de Alan Parker, o mesmo de clássicos como O Expresso da Meia Noite e Mississippi em Chamas. Na trama, se é que podemos encontrar uma, Bob Geldof interpreta o astro do rock chamado Pink. O filme apresenta sua jornada, lembrando de traumas do passado, como a falta de uma figura paterna, tendo seu pai sido morto na Guerra, e a opressão de seus professores na escola – um forte tema na canção do grupo. The Wall – O Filme mistura animação e atores reais para sua jornada sensorial de 1h 35 minutos de duração. Além, é claro, de muita música do Pink Floyd.

04 | Fanny e Alexander

Especial Ingmar Bergman 100 Anos: 'Fanny e Alexander' (1983)

Em nossa quarta posição, temos o filme de um dos cineastas mais celebrados e adorados por cinéfilos e críticos de cinema: o sueco Ingmar Bergman. Aqui, o autor apresenta seu retrato da burguesia visto através dos olhos de duas crianças, os irmãos que dão título ao longa. O roteiro, escrito pelo próprio diretor autoral, descortina o dia de a dia de uma família aristocrata no início dos anos 1900, a forma como se relacionam entre si e com os empregados. O drama de 3 horas e 8 minutos de duração foi vencedor de 4 estatuetas do Oscar no ano de 1983 (melhor fotografia, direção de arte, figurino e filme estrangeiro), além das indicações de melhor diretor e roteiro original – ambos para Bergman. Com os fãs e o grande público, Fanny e Alexander recebeu nota 8.1, sendo uma das maiores de seu respectivo ano.

03 | Gandhi

Há 70 anos morria Mahatma Gandhi, o pai dos protestos pacíficos | VEJA

Por falar em Oscar, chegando agora em terceira posição da lista e subindo ao pódio com medalha de bronze, temos uma verdadeira obra-prima da sétima arte comandada pelo saudoso Richard Attenborough – ator e diretor mais conhecido como o milionário John Hammond, o dono do Jurassic Park (1993). O filme fez a limpa naquela edição do Oscar, levando 8 prêmios dos 11 aos quais estava indicado. Gandhi venceu melhor filme, ator principal (Ben Kingsley), diretor (Attenborough), roteiro original, fotografia, direção de arte, figurino e edição; além de ter sido indicado também para som, trilha sonora e maquiagem. Apesar de tamanho prestígio, Sir Richard Attenborough, “humildão” como era, se dizia mais fã de E.T. – O Extraterrestre, que também estava indicado ao Oscar de melhor filme e algumas outras categorias. A obra, é claro, é a biografia de 3 horas e 11 minutos de duração do líder político e espiritual da Índia, Mahatma Gandhi. Fora isso, Gandhi é o primeiro item da lista a figurar entre os 250 melhores filmes de todos os tempos de acordo com o público no IMDB. O longa consta com nota 8.1 na opinião dos fãs, porém, com mais votos do que o item acima.

02 | Blade Runner – O Caçador de Androides

Tudo que você precisa saber sobre Blade Runner, o Caçador de Andróides -  Matérias especiais de cinema - AdoroCinema

Chegamos agora à nossa vice-liderança, com a medalha de prata do ranking. O segundo filme mais bem avaliado de quarenta anos atrás é nenhum outro senão a obra-prima da ficção científica noir Blade Runner. Inovador em vários sentidos e ainda muito influente até hoje, a produção do diretor Ridley Scott é considerada revolucionária. Scott, cujo filme anterior havia sido Alien – O Oitavo Passageiro (1979), marcava seu nome em Hollywood como um dos mais criativos realizadores do período, se tornando um especialista em criar novos mundos. E com Blade Runner ele ia além do que havia feito antes, idealizando uma Los Angeles do futuro onde carros voadores são uma realidade, e também os chamados Replicantes – androides tão parecidos com os humanos, que somente os agentes chamados Blade Runner são capazes de identifica-los. O sci-fi, no entanto, não foi abraçado por críticos e o público em sua época de lançamento nos cinemas, vindo a ser redescoberto por novas gerações nas vídeo locadoras, onde através de novos olhares foi ganhando cada vez mais peso como cult até se tornar um filme querido pela maioria. Em 2017, uma continuação intitulada Blade Runner 2049 estreou nos cinemas, debaixo de muitos elogios dos especialistas. Blade Runner também tem nota 8.1, mas possui mais votos dos fãs.

01 | O Enigma de Outro Mundo

Top 5: Melhores filmes de Kurt Russell - Cine Mundo

A medalha de ouro ficou com O Enigma de Outro Mundo, dirigido pelo mestre John Carpenter. No fim das contas, outra ficção científica – esta mais voltada ao terror e ao suspense – subiu ao ponto mais alto do pódio. É realmente uma tarefa muito ingrata medir qual filme é melhor. Afinal, a arte é subjetiva. E entendo que para muitos, o melhor filme de quarenta anos atrás possa ser Blade Runner ou até mesmo Gandhi. Ou quem sabe nenhum dos dois, ou sequer um filme que estava nesta lista. Mas aqui, nossa pesquisa se baseou no consenso de grande parte dos cinéfilos que votaram para eleger seu filme preferido, e seguindo por esse pensamento, O Enigma de Outro Mundo é o único filme a completar 40 anos que recebeu avaliação 8.2 dos fãs. Isso que é moral. E não é para menos, já que este longa enigmático de Carpenter fez parte da infância de toda uma geração e continua a assombrar cinéfilos do mundo todo.

Sim, Blade Runner e até E.T. são filmes mais populares, mas The Thing (no título original) é mais bem avaliado do que ambos – ou seja, quem gosta do filme de Carpenter, gosta mesmo. A trama, uma reimaginação do clássico B de ficção, O Monstro do Ártico (1951), mostra uma base de pesquisa norte-americana no meio do gelo. Os cientistas terminam por encontrar vida alienígena congelada no local, mas quando a criatura se descongela, eles descobrirão da pior maneira que ela tem a capacidade de se tornar qualquer um. O filme é estrelado por Kurt Russell e assim como Blade Runner só descobriu sua audiência quando foi lançado em vídeo – já que nos cinemas foi fracasso. O Enigma de Outro Mundo recebeu nota 8.2, como dito.

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
‘O Poderoso Chefão’: Trilogia completa já está disponível no Prime Video!
Próxima Matéria
Animais Fantásticos 3 consegue mais um marco surpreendente nos cinemas

+ CINEMA E STREAMING

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
‘O Poderoso Chefão’: Trilogia completa já está disponível no Prime Video!
Próxima Matéria
Animais Fantásticos 3 consegue mais um marco surpreendente nos cinemas

+ NOTÍCIAS DE CINEMA E STREAMING

Menu
error: Content is protected !!