Machado do clássico O Iluminado vai a leilão por US$ 100 mil

O machado usado pelo personagem Jack Torrance, vivido por Jack Nicholson, no filme O Iluminado (1980) na cena memorável do clássico de terror, está sendo leiloado por US$ 100 mil, o que dá aproximadamente R$ 470 mil.

Segundo o site TMZ, o leilão teve início na última quarta-feira (20) e o objeto estava sendo exibido em uma caixa de vidro com diversas fotos de cenas do filme.

Segundo os organizadores do leilão, o machado está com um ótimo estado de conservação e ele será entregue junto com uma certificado de autenticidade da NORANK Engineering, empresa que presta serviço para vários estúdios de Hollywood.

Relembre mais sobre o clássico O Iluminado

Depois de 42 anos de lançamento, O Iluminado, dirigido por Stanley Kubrick, ainda é um filme memorável para os fãs, que se tornou um grande sucesso. Na sinopse, Jack Torrance (Jack Nicholson), começa um trabalho de zelador em um distante e solitário Hotel Overlook, no período do inverno.

Ele leva a esposa Wendy, vivida por Shelley Duvall e seu filho Dan, vivido por Danny Lioyd – que possui habilidades psíquicas – como companhia para a temporada de trabalho.

Eles só não esperavam que iriam viver momentos misteriosos no hotel, trazendo à tona diversos segredos terríveis do passado de pessoas que moraram no lugar e tiveram suas vidas mudadas.

O diretor Stanley (1928-1999) foi considerados um dos mais aclamados da indústria do cinema, mesmo sendo lembrado por seu difícil temperamento, o cineasta tinha uma característica marcante de dedicar de forma artística em todas as suas direções.

Já a atriz que viveu Wendy, chegou a confessar também que não se deu bem com a escritora Stephen King, que escreveu o livro, criticando a adaptação e como ela retratou sua personagem na obra.

    O filme de Kubrick é tão misógino. Quero dizer, Wendy Torrance é apenas apresentada como um tipo de pano de prato que grita”, declarou a atriz.

Shelley recebeu diversos elogios da crítica na época do lançamento e foi um dos grandes destaques do filme, mesmo passando por algumas dificuldades com o diretor.

   Passar por dia após dia de trabalho excruciante era quase insuportável. O personagem de Jack Nicholson tinha que estar louco e com raiva o tempo todo. E na minha personagem, eu tive que chorar 12 horas por dia, o dia todo, nos últimos nove meses seguidos, cinco ou seis dias por semana”. Por conta da extensão das gravações, Duvall ficou separada da família”, contou a atriz  em entrevista de 2018 à Rolling Stone.

Shelley Duvall em O Iluminado (Reprodução)

Machado do clássico O Iluminado vai a leilão por US$ 100 mil

O machado usado pelo personagem Jack Torrance, vivido por Jack Nicholson, no filme O Iluminado (1980) na cena memorável do clássico de terror, está sendo leiloado por US$ 100 mil, o que dá aproximadamente R$ 470 mil.

Segundo o site TMZ, o leilão teve início na última quarta-feira (20) e o objeto estava sendo exibido em uma caixa de vidro com diversas fotos de cenas do filme.

Segundo os organizadores do leilão, o machado está com um ótimo estado de conservação e ele será entregue junto com uma certificado de autenticidade da NORANK Engineering, empresa que presta serviço para vários estúdios de Hollywood.

Relembre mais sobre o clássico O Iluminado

Depois de 42 anos de lançamento, O Iluminado, dirigido por Stanley Kubrick, ainda é um filme memorável para os fãs, que se tornou um grande sucesso. Na sinopse, Jack Torrance (Jack Nicholson), começa um trabalho de zelador em um distante e solitário Hotel Overlook, no período do inverno.

Ele leva a esposa Wendy, vivida por Shelley Duvall e seu filho Dan, vivido por Danny Lioyd – que possui habilidades psíquicas – como companhia para a temporada de trabalho.

Eles só não esperavam que iriam viver momentos misteriosos no hotel, trazendo à tona diversos segredos terríveis do passado de pessoas que moraram no lugar e tiveram suas vidas mudadas.

O diretor Stanley (1928-1999) foi considerados um dos mais aclamados da indústria do cinema, mesmo sendo lembrado por seu difícil temperamento, o cineasta tinha uma característica marcante de dedicar de forma artística em todas as suas direções.

Já a atriz que viveu Wendy, chegou a confessar também que não se deu bem com a escritora Stephen King, que escreveu o livro, criticando a adaptação e como ela retratou sua personagem na obra.

    O filme de Kubrick é tão misógino. Quero dizer, Wendy Torrance é apenas apresentada como um tipo de pano de prato que grita”, declarou a atriz.

Shelley recebeu diversos elogios da crítica na época do lançamento e foi um dos grandes destaques do filme, mesmo passando por algumas dificuldades com o diretor.

   Passar por dia após dia de trabalho excruciante era quase insuportável. O personagem de Jack Nicholson tinha que estar louco e com raiva o tempo todo. E na minha personagem, eu tive que chorar 12 horas por dia, o dia todo, nos últimos nove meses seguidos, cinco ou seis dias por semana”. Por conta da extensão das gravações, Duvall ficou separada da família”, contou a atriz  em entrevista de 2018 à Rolling Stone.

Shelley Duvall em O Iluminado (Reprodução)

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Criticada fora do Brasil, A Sogra que Te Pariu bate recorde na Netflix global
Próxima Matéria
Estrela de …E O Vento Levou teve overdose durante as gravações

+ CINEMA E STREAMING

Gostou da matéria? Siga @playvoxbr no Instagram para ver mais conteúdos CLICANDO AQUI

COMENTÁRIOS

COMPARTILHE

Matéria Anterior
Criticada fora do Brasil, A Sogra que Te Pariu bate recorde na Netflix global
Próxima Matéria
Estrela de …E O Vento Levou teve overdose durante as gravações

+ NOTÍCIAS DE CINEMA E STREAMING

Menu
error: Content is protected !!